Pular para o conteúdo
Início » Gamer » A redenção de No Man’s Sky

A redenção de No Man’s Sky

Conheça a história de redenção de No Man’s Sky, que após 5 anos conseguiu entregar algo único ao mundo dos jogos.

Man’s Sky Next lançado em 2018

Não é de hoje que vemos games prometerem mundos e fundos e na hora do lançamento a coisa não ser bem assim. O último que marcou nossas vidas foi Cyberpunk 2077, que até agora está correndo atrás para corrigir os seus bugs, coisa que deveria ter sido feita antes do lançamento. Muita gente acredita que essa atitude é imperdoável, uma ação de má-fé, mas será que essa lógica se aplica a todos os games que decepcionam na estreia?

É natural colocarmos a culpa nas desenvolvedoras, afinal elas vendem que o seu produto é maravilhoso e cobram caro por isso, então não entregar o que elas prometem é má-fé. Mas e quando o que elas prometem é algo realmente inovador e que nunca feito antes? Será que é possível culpar 100% a empresa? Esse foi o caso de No Man’s Sky.

Cyberpunk 2077 terrivel lançamento

A promessa de No Man’s Sky

A Hello Games lançou No Man’s Sky em 2016 e ele entrou para a história como um dos lançamentos mais fracassados de todos os tempos. As promessas do game eram altíssimas, entregar um mundo infinito para explorar, com biomas complexos, criados através de inteligência artificial. Assim, esse algoritmo criaria de maneira aleatória desde o terreno até mesmo os seres que povoam os planeta. Dessa forma, o game teria uma simulação quase perfeita de uma exploração espacial por planetas desconhecidos, assim como as grandes histórias de ficção científica.

A proposta foi tão chocante na época, que muitos estavam céticos sobre a possibilidade de se executar isso em um game, enquanto outros estavam babando pela ideia de jogar um simulador de exploração de vida em outros planetas. O mercado de simuladores como este é enorme, já que temos jogos como Kerbal Space Program, que simula as viagens para o espaço, e outros com naves espaciais mais futuristas. Contudo ainda não existe nada nada assim.

Os trailers mostravam gráficos simples mas carismáticos, o que trouxe muita expectativa para público. Mas, como bem sabemos, a expectativa é algo perigoso.

Trailer de No Man’s Sky lançado em 2014

A realidade em 2016

Quando o game realmente saiu em 2016, ele até cumpria o que prometia em teoria, mas  muitas coisas não agradaram. Os planetas eram basicamente todos iguais, com pouquíssimas diferenças, nem de longe dando aquele clima prometido nos trailer de lançamento. Além disso, as formas de vida também não eram tão interessantes. Elas até existiam, mas eram simples, horrendas e de nada lembravam aquelas criaturas fofas que víamos no material de divulgação.

Outra coisa que incomodou muito foi que era quase impossível encontrar alguém dentro do jogo, pois as distâncias eram enormes. Isso tornava a aventura solitária e pouco interessante. Ainda, os gráficos eram muito mais simples do que tudo que havia sido prometido, o que isso causou grande alvoroço no mundo dos games.

Então o público se sentiu traído e enganado, e No Man’s Sky foi rapidamente taxado como o pior lançamento da história dos games. É um título injusto, óbvio, mas que mostrava o descontentamento do público em geral.

Um video de comparação do trailer com o lançamento de No Man’s Sky (é zoado mas é engraçado)

A decepção foi tão grande que mensagens de ódio e ameaças dirigidas aos desenvolvedores começaram a ser constantes, a equipe começou a ter contato direto com a polícia devido a iminência de um possível ataque, Sean Murray um dos fundadores da Hello Games e idealizador de No Man’s Sky defendeu seu projeto, alegando que o que a empresa tinha prometido era um simulador, e que o seu produto era, que precisava de mais desenvolvimento, mas que essa era a experiência de exploração espacial mais próxima da realidade que se podia ter em um game.

O começo da mudança

O público execrou Sean Murray por ter entregue um produto tão fraco e, principalmente, por ele ter defendido que aquilo ele era o que tinha sido prometido. Então, a Hello Games passou os próximos dois anos aprimorando o game, implementando melhorias gratuitas, com a ajuda da pequena comunidade que tinha se criado em volta do jogo, que percebia as falhas, mas via o potencial inovador do projeto.

A Hello games percebeu que, ao entregar um simulador, ela esqueceu de deixar claro que essa experiência não era algo dinâmico. Então a empresa tratou de amenizar isso, sem perder a essência de exploração. O sistema de multiplayer foi aprimorado, assim como várias outras pequenas partes, dando mais propósito aos jogadores que entravam nesse mundo.

A visão da empresa e a parceria com os jogadores foi tão benéfica que, em 2018, No Man’s Sky chegou a um nível que realmente se comparava ao que foi prometido nos trailer passados. O jogo então teve um crescimento repentino de 10 vezes o seu número de usuários.

Depois de 2 anos de pats gratuitos

Hoje a média de usuários simultâneos é de mais de 6 mil e o game tem inúmeras aquisições, que aprimoram e introduzem os jogadores nessa jornada complexa para explorar mundos desconhecidos. O jogo agora conta com carros, que permitem cobrir grandes distâncias facilmente, assim como com uma campanha de 30 horas, que serve para introduzir os jogadores sobre o o objetivo do jogo. Isso é que fundamental, para que o público não confunda No Man’s Sky com um jogo arcade e descompromissado.

Foi má fé ou não?

Essa é a grande questão. Após 5 anos de seu lançamento, No Man’s Sky é indiscutivelmente um grande sucesso, um jogo inovador que agrada muito aos fãs de ficção científica e que gostam de exploração. Contudo, isso só foi possível devido ao fracasso do passado, pois nem a Hello Games, ou mesmo os fãs, tinham noção do que era necessário para executar essa inovação. Ficou claro que a maioria havia se empolgado com os gráficos, mas não estavam preparados para um simulador.

No Man’s Sky 2021

Isso não quer dizer que não existiam maneiras menos traumáticas para lançar o game, mas essa é uma amostra de que nem todo lançamento ruim, é imperdoável.

Para mais conteúdo como este, continue no nosso site clicando aqui. E para conhecer a nossa loja clique aqui.

Join the conversation