Pular para o conteúdo
Início » Gamer » Resident Evil 3 Remake: Erros e acertos

Resident Evil 3 Remake: Erros e acertos

Erros e acertos

Resident Evil 3 Remake estreou no dia 3 de abril de 2020, mas, infelizmente, não é tão bom quanto seu antecessor, Resident Evil 2 Remake. Apesar da jogatina ser boa, o game é muito econômico e fácil.

Resident Evil 3

A estreia do game veio acompanhada de muita expectativa por parte dos gamers, já que Resident Evil 2 Remake foi um grande sucesso de público e crítica. O novo game traz o tão temido e amado Nemesis, um monstro zumbi semi-inteligente que persegue a nossa querida protagonista, Jill Valentine, pelas ruas de Raccon City.

Para ver o trailer do jogo clique aqui.

Pontos positivos

RE3 Remake possui muitas semelhanças com seu antecessor, o que é algo muito bom, além de trazer também algumas novidades. Dentre as mudanças está a esquiva de Jill e Carlos, que dão toda uma velocidade para o gameplay, fazendo o jogador se mover velozmente pelo cenário. Isso, somado à pressão que Nemesis aplica, faz de Resident Evil 3 Remake um jogo com bastante ação.

jill valentine

Além disso, Nemesis, o monstro vilão da série, também está muito bem, perseguindo Jill o game todo e evoluindo no processo. O que faz o jogador realmente se sentir sufocado, e temendo a todo o instante. Vale ressaltar que Carlos e alguns outros personagem também são bem interessantes na trama.

Apesar disso Resident Evil 3 Remake tem seus defeitos, e não são só detalhes.

Pontos Negativos

O maior problema de RE3 Remake é sua duração. O game pode ser terminado facilmente em 6 horas, e, caso você consiga zerar o jogo e decida jogar novamente, é possível terminá-lo em apenas duas horas. Ademais, seu fator replay é muito pequeno, sem modo mercenário ou um lado B, o que não dá motivos para fazer o jogador começar tudo de novo.

Outra coisa que incomoda é o nível de dificuldade, que é muito baixa. Resident Evil 3 Remake até tem vários modos de dificuldade, mas no modo normal, que é o que a grande maioria vai começar o jogo, não há muito desafio. Assim, isso corrobora para o fato de, uma vez finalizado, o game perder muito do seu valor.

nemesis

Por fim, o último defeito aparente no jogo está nos diálogos entre os personagens. Eles até possuem algum momentos inspirados, mas são poucos, o que faz o game perder grandes oportunidades. Por conta disso, personagens secundários que carismáticos ficam rasos e pouco desenvolvidos, além da própria Jill parecer meio artificial no início do jogo.

 

Essa foi a nossa opinião sobre o Resident Evil 3 Remake. Mas, obviamente, a melhor maneira de ter certeza sobre os pontos destacados é jogando o game.

Se jogou RE3 Remake ou ainda não mas está no Hype, conheça a história do game clássico clicando aqui. E, para mais conteúdo como este, continue no site clicando aqui.

Join the conversation